Você é universitário?
O ENUR é para você!

Você é professor Universitário?
O ENUR é para você!

Você já é formado?
O ENUR é para você!

Recent Posts by admin

Encerramento do Enur 2014 marca a vivência de submissão do movimento à vontade de Deus

A manhã de encerramento do Encontro Nacional Universidades Renovadas (ENUR) neste domingo teve início com momentos de oração e louvor. O coordenador nacional do MUR, Lucas Torres, fez um convite inicial a todos experimentarem de forma mais concreta e decisiva a pessoa de Jesus Cristo. “Eu creio que nesta manhã Deus quer renovar a nossa decisão concreta e verdadeira sobre a pessoa de Jesus Cristo”, motivou Lucas.

#ENUR2014 - Marcos Cirino - domingo-118

Formado em Engenharia Mecatrônica, o coordenador do MUR fez uma partilha sobre sua vida profissional, associada ao pedido atual de Deus também para o Ministério: submissão. “Quantas desculpas nós vamos dar ao Senhor? Nós estamos perto Dele, mas nós não estamos submissos a Ele”, provocou Lucas. A forma de alcançar a submissão é, para o coordenador, o esvaziamento de si, das vontades individuais, de forma a viver a completa humildade.

Foi feita a retomada do tema do Encontro, no livro de Ezequiel 11, 16-20. Convite à profundidade foi feito em diversos momentos pelo pregador. “Se não tivermos inseridos profundamente nessa fonte do lado aberto de Jesus, tudo isso vai ser vão”. Em outro momento, Lucas concluiu: “Deus não nos trouxe aqui para fazer uma grande festa, nem pra tirar muitas fotos, nem pra conhecer pessoas de outros países. Isso são ganhos. É preciso entender que Deus nos trouxe aqui para nos converter mais profundamente”.

Ao final, os servos da cidade de Viçosa foram convidados a receberem oração diante da cruz de Cristo e direcionou: “Vocês irão receber um só coração e um espírito novo pela fidelidade de vocês”.

O encerramento do ENUR foi feito com a celebração da missa, presidida pelo bispo, referência para o setor Universidades da CNBB, dom Tarcisio Scaramussa. “Vim trazer o abraço e a benção de todos os bispos, em especial do setor Universidades”. Durante a homilia, ressaltou a conquista de realizar um encontro como este em uma universidade pública. Ao relembrar o convite do papa para sermos missionários no lugar onde estivermos, Dom Tarcísio dá as orientações: “Que vocês sejam mais confirmados na fé e convictos na missão, para serem a presença de Cristo nesse ambiente de evangelização tão importante”. E finaliza: “Que o testemunho principal de vocês seja o amor”.

Noite de festa, celebração e adoração nos 20 anos do MUR

ok-2-des

Grandes momentos de intimidade com Deus e profecias foram vivenciados durante a adoração ao Santíssimo Sacramento que contou com as palavras e profecias de uma das precursoras do Movimento da RCC no mundo, Pat Mansfield, onde ela partilhou que muitos estavam preocupados com o futuro daqui por diante, mas pedia par que todos se entregasse à providência Divina e a busca pela santidade.

A celebração eucarística solene de comemoração das duas décadas do Ministério Universidades Renovadas foi presidida pelo arcebispo de Mariana Dom Geraldo Lyrio que parabenizou a equipe de organização do encontro, logo no início da celebração, demonstrando total apoio e incentivo aos Luquinhas.

Após a celebração eucarística, um jantar típico foi preparado no local do encontro e grande momento de recordação da História do MUR foi apresentado aos participantes pelo precursos do ministério, Mococa. Todos foram convidados a viajarem no tempo e na história do ministério que começou com universitário, hoje, muitos casados, cantando as canções que marcaram cada época.

Grandes momentos de alegria e louvor foram vivenciados, na expectativa de grande ardor missionário para construírem os próximos vinte anos de história.

Mococa convidou os Luquinhas a rezarem pelos membros que fazem parte do ministério desde os cinco primeiros anos, em seguida, de cinco a dez e os últimos vinte anos agradecendo a Deus pelo sim destas pessoas.

Ele finalizou a noite de sábado pedindo que cada um se abraçasse e dizendo: “Sintam o abraço do meu agradecimento”.

Workshops: lugar de testemunhos e ensinamentos de amor

#ENUR2014 - Serginho - Sábado - manhã-5

O momento em que cada participante teve suas necessidades e curiosidades atendidas deste o discernimento de sua vocação à atuação de um profissional do Reino foi com os workshops, na manhã de sábado do ENUR. Dentre os doze temas diversos que atendiam as demandas do Ministério Universidades Renovadas, o que mais chamou a atenção dos participantes foi a História do Ministério Universidades Renovadas, iniciada por um de seus precursores, o então universitário Mococa. Ao falar de seu testemunho, ele explicou que todo sonho provoca uma visão e a visão, uma ação transformadora. Desta forma ele convidou a todos a mergulharem neste sonho em unidade e unção do Espírito Santo. Passou pelo workshop também outra pioneira do ministério, Ivna Sá e alguns profissionais que Testemunharam s o papel do MUR em suas vidas. O tema das vocações também foi refletido no workshop conduzido pelo assessor eclesiástico da RCBRASIL, Dom Alberto Taveira. Dentre vários aspectos discutidos ele falou que um médico pode ter unção no exercício da sua profissão citando exemplos práticos como o não à prática do abordo. A fisioterapeuta Joyce Alves da cidade de Araruana/RJ voltará pr casa com novo pensamento sobre a prática de sua profissão: “ Esse workshop me despertou a querer buscar me especializar par servir melhor a Deus através do meu irmão com meus pacientes. O seminarista Leonardo de 23 anos também participou do workshop sobre vocação e sua relação com a profissão e testemunha como o MUR exerceu um importante papel na sua formação e discernimento: “Há um ano atrás eu participava do Ministério Universidades Renovadas, fundei um GOU na minha faculdade de Medicina de Vitória, no Espírito Santo. Estava no 8º período de Medicina. Vivendo o caráter missionário, o MUR me levava a ter e tendo esse sonho de amor, eu sentia que a faculdade era um obstáculo para se chegar a Deus. No sentido de fazer mais coisas pra Deus, para me doar mais para Deus, com a faculdade eu não conseguia. Eu me sentia preso. Quando eu ia à faculdade e sentia a vocação, via que ali não era meu lugar. A medicina era uma coisa linda, mas para quem Deus chama. A minha felicidade não estava ali. Além disso percebi que tudo na vida passa. Quando um médico fala que não pode fazer nada por essa vida é aí que o padre entra , eu posso fazer tudo por essa alma, eu posso salvar essa alma e levar essa alma para o céu”. Completando o sentido de sonhar e sentir a vocação em sua profissão, o workshop: “Chamados à coordenação”, conduzido pela segunda cordenadora do MUR, Elen Galvane vem concluir a caminhada daqueles que conheceram o sonho, descobriram seu lugar como servos de Deus e já sentem chamados à pastorear: “O verdadeiro coordenador pastoreia, cuida, utiliza as redes sociais, whatzap, mas não se prede apenas à eles”. Outras ações como: Cartão de aniversário, visita nas repúblicas toda semana, faziam com que surgissem partilhas sobre as dificuldades do dia a dia do universitário. Ela também falou sobre a pedagogia de Jesus que saiu e escolheu os 12 discípulos, mas passou três anos de treinamento intenso e chamou-os para viver com ele as coisas que ele vivia e completa: “O servo aprende a ser coordenador vendo você coordenar. Se você quer ter servo em seu GOU, ensina pra ele que vida de coordenador é de serviço, de sacrifício e discernimento, mas não esconda sua visão sobre ele”.

Recent Comments by admin

    No comments by admin yet.